Um desenho


Desenho do Bruno, estudante do 8º ano D da Unidade Municipal de Ensino Cidade de Santos, feito em 19 de fevereiro após a leitura em sala de aula do poema Apenas um navio, de Lidia Maria de Melo, sobre o navio-presídio Raul Soares.


Ali no meio do poema, a autora escreve dois versos que Bruno capta primorosamente:

Nós já sentíamos tudo e éramos tão crianças!


Bruno teve acesso a Apenas um navio por meio do exemplar da professora Ana Cristina Valcárcel Vellardi do Esquinas do Mundo: Ensaios sobre História e Literatura a partir do Porto de Santos, anotado por ela, com suas marcas de leitora, amassado por seu uso como matéria-prima para o ensino. Abaixo, suas anotações sobre o ensaio em que trato o poema e o próprio Apenas um navio.




Posts Relacionados

Ver tudo
 Em Destaque
 Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Siga-me

  • facebook-square
  • linkedin-square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now